Fórum Único Chespirito
NOTÍCIAS VÍDEOS CHBRTV FÓRUM
facebook
Informações
Quem é Chespirito?
Conheça o Elenco
Quem já morreu?
A Dublagem

Multimídia
Vídeos
Áudios/Músicas
Imagens
Jogos

Séries
Chaves
Chapolin
Chespirito/Clube do Chaves
La Chilindrina
Kiko
Desenho Animado

Guias
Episódios de Chaves
Episódios de Chapolin
Episódios Clube do Chaves
Episódios Perdidos
Episódios Inéditos
Discografia
Filmografia
Todos episódios de Chaves
Chaves na CNT e no Clube

História
Boatos Famosos
CH no Brasil
O Sucesso de Chaves

Variedades
Letra das músicas
As Cartas (por Chaves)
Assista ao vivo
DVD's
VHS's
Livros CH
Personagens Raros
outras variedades [+]

Colunas
Mundo CH
Colunas antigas
Matérias

Site
Equipe
Contato
Parcerias
Prêmios

Parceiros

Editorial 31 horas

Conheça o elencochaves
 
Conheça o Elenco

Angelines Fernandes

Angelines Fernandes

Poucos sabem, mas a nossa tão querida Bruxa do 71 não era mexicana. Ela nasceu no dia 30 de julho de 1924 na cidade de Madri, na Espanha. Para a tristeza dos fãs da série, Angelines faleceu no ano de 1994, com câncer no pulmão, devido ao fumo em excesso - assim como Ramón Valdéz, o Seu Madruga. Seu corpo descansa em Mausoleos del Ángel, no México. Angelines Fernández chegou ao México no ano de 1947 e foi pioneira do cinema daquele país. Chegou a trabalhar nos filmes dos comediantes mexicanos Cantinflas e Arturo de Córdovas, mas a personagem que a consagrou foi mesmo a Dona Clotilde, que interpretou brilhantemente por mais de 23 anos. O engraçado era que as crianças tinham medo de Angelines, achavam que ela era realmente uma bruxa. E, no começo, ela ficava irritada com isso, mas depois começou a aceitar e até mesmo a achar engraçado. A melhor amiga de Angelines foi María Antonieta de las Nieves, a Chiquinha. Poucos podem acreditar, mas Angelines Fernández foi considerada uma das mulheres mais belas do México em sua juventude! E, por ironia do destino, sua principal personagem tinha como característica maior ser muito feia.

linha

Carlos Villagrán

Carlos Villagran

O intérprete do bochechudo metido a riquinho nasceu em 12 de janeiro de 1944. É conhecido como Pirolo, pois antes de atuar em Chaves, tinha um personagem com esse nome. No ano de 1979, Carlos Villagrán deixou o elenco de Chaves e foi trabalhar na Venezuela. Lá fez o programa Federrico, que não fez muito sucesso. No México, fez A que Quico e, no Chile, O circo de monsieur Cachetón e Kiko botones. Diz Carlos Villagrán que ele deixou o elenco de Chaves e Chapolin porque seu personagem Quico estava ganhando muita popularidade e estava sendo convidado para gravar discos e comerciais. Por isso quiseram diminuir a participação dele nos seriados e ele não aceitou isso. Mas isto é o que ele diz. Numa entrevista, Chespirito disse que Carlos Villagrán o falou que queria tentar carreira solo e Bolaños disse que tudo bem, mas se ele quisesse voltar ao Chaves, todos o receberiam de braços abertos. Carlos Villagrán já teve um caso com Florinda Meza antes de esta se casar com Chespirito. Ficou 20 anos sem se falar e nem sequer ver Roberto Bolaños, até que encontrou-se com este num especial da Televisa em homenagem ao comediante. Fizeram as pazes? Aparentemente, sim. O seu circo “El Circo del Kiko” foi desativado a algum tempo, depois de passar pelo Brasil e fazer muito sucesso em toda a América, Carlos Villagran agora se dedica a sua família. Tem 67 anos e vive com seus seis filhos e sua esposa na Argentina, onde faz pequenos trabalhos e desfruta de toda sua fortuna acumulada com seus personagens no México e na Venezuela.

Carlos Villagran esteve no Brasil em 2010 para o 2º FBV, participando também do programa do Ratinho e mais recentemente em 2011 esteve presente em um evento em Fortaleza, Ceará.

linha

Edgar Vivár

Edgar Vivar

Edgar Vivar, ator que fez o Seu Barriga e o Nhonho, era médico antes de se tornar ator. Porém abandonou sua antiga profissão ao descobrir que o melhor remédio é o riso.

Edgar tornou-se sócio do Centro Universitário de Teatro, onde encenou as peças "Marcelino pan y vino" e "En Roma el amor es broma". Depois, Vivar participou da zarzuela "Luisa Fernanda". Para quem não sabe, zarzuela é uma obra musical e dramática especificamente espanhola, com declamação e canto. Com esta zarzuela, Edgar Vivar fez uma turnê por Miami, Boston e outros lugares dos Estados Unidos.

Em 1970, Edgar Vivar foi convidado por Roberto Gómez Bolaños para participar de seus seriados, onde ficou até o final, em 1995. Porém em 1992, teve que se afastar temporariamente do Programa Chespirito para tratar da saúde e fazer um tratamento para perder peso.

Edgar Vivar também enfrentou sérios problemas cardíacos e respiratórios devido a sua tiróide, e depois de ver a morte de perto, o nosso barrigudo deu a volta por cima. Os fãs brasileiros puderam ver a recuperação do ator, quando ele visitou o país em 2003 (foto acima), convidado pela apresentadora Sônia Abrão a participar do (agora extinto) programa "Falando Francamente", do SBT. Lá Edgar encontrou seu melhor dublador, o saudoso Mário Vilella.

Em 2005, Edgar Vivar fez uma participação especial no programa “La Noche del Dez” de Diego Armando Maradona contando um encontro entre ele e o futebolista mais famoso da Argentina. No mesmo ano, Edgar fez a novela argentina "Amarte Así".

Em 2006, Edgar trabalhou em um filme americano "Bandidas", ao lado da atriz Penélope Cruz ("Vanilla Sky", "Volver").

Outro trabalho recente dele foi o filme "Orfanato", que foi indicado pela Espanha à concorrer ao Oscar de filme estrangeiro. O filme também concorre à 8 Goyas, o Oscar espanhol.

Também participou de Amarte Así, filme colombiano de Rodrigo Ortúzar.

Seu trabalho mais recente foi na série americana Tempo Final (foto), da FOX.

user posted image
Créditos: dedediadema

Edgar Vivar fez redução estomacal, emagreceu bastante, o que pode ser percebido em sua passagem pelo Brasil em 2010.
Atualmente ele estuda a possibilidade de fazer novelas no Brasil.

Quem quiser, pode segui-lo no twitter: @varedg

linha

Florinda Meza

Florinda Meza

A esposa do mestre Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" nasceu em 8 de fevereiro de 1948. Sempre atuando ao lado de seu marido, Florinda Meza já escreveu algumas novelas e atuou em outras. Também é diretora de TV. Algumas das novelas que Florinda Meza escreveu são: La dueña (refilmada e exibida no Brasil pelo SBT com o nome de Amor e ódio, em 2001), Milagro y magia e Alguna vez tendremos alas. Um fato curioso na vida de Florinda foi o de ela já ter tido um caso com Carlos Villagrán, que interpretava o Quico, antes de se casar com Chespirito. Dizem que graças a ela, Roberto Gómez Bolaños e Carlos Villagrán deixaram de se falar e não mantiveram nenhum contato por 20 anos, até se encontrarem novamente numa homenagem feita pela emissora Televisa ao mestre Chespirito. A causa disso pode ser mero "ti-ti-ti", mas Chespirito e Villagrán realmente não se falaram, nem sequer se viram por duas décadas. Hoje em dia, Florinda Meza vive no México com seu marido e ainda é atriz, mas se dedica mais à família e aos seus seis filhos.

linha

Maria Antonieta de Las Nieves

Maria Antonieta de las Nieves

A menina esperta filha do saudoso Seu Madruga nasceu no ano de 1950. Era a mais jovem do elenco dos seriados Chaves, Chapolin e Chaveco. María Antonieta de las Nieves sonhava ser uma das mais reconhecidas atrizes dramáticas do México, mas quando Chespirito a convidou para integrar o elenco de Chaves, seus planos mudaram por completo. Sua primeira experiência como atriz foi ao lado de Chespirito. Este a chamou para seus programas quando se encantou por sua bela voz, pois María trabalhava como dubladora no México. Na antiga abertura original de Chaves, havia uma introdução que se dizia: "Este é o programa número um da televisão humorística!" A voz desta introdução era do marido de María Antonieta. Na época de gravações dos seriados, María tinha em média 25 anos. Em algum momento de sua vida, María Antonieta pensou em ser vedete.

Depois de ficar afastada da televisão por longos dez anos e só se apresentar ao público com seu circo: “El Show de La Chilis”, Maria Antonieta chegou em um acordo com Roberto Bolaños para o uso da personagem Chiquinha, dez anos de angústia com as pendengas no tribunal finalmente se encerram. Ela atualmente vive no México e atuou como protagonista da novela infantil “Sueños y Caramejos” onde interpretou Antonieta Monraz uma rica senhora que cuida de crianças. Maria Antonieta abriu recentemente sua casa para o Brasil, existem boatos de que seu circo voltou a atividade, mas não é nada confirmado. A atriz anuncia a anos no seu site que deve vir ao Brasil, pórem nunca veio como a personagem Chiquinha. Maria Antonieta visitou a terra amarelinha no início de 2005, onde passou férias em Recife no anonimato, longe da imprensa.

linha

Rubén Aguirre

Ruben Aguirre

O romântico e nada modesto professor da escola primária nasceu no ano de 1934. Rubén Aguirre era um alto executivo da Televisa. Alto, aliás, nos dois sentidos. Foi convidado a participar do seriado Chaves pelo próprio Roberto Gómez Bolaños. Pode-se dizer que Rubén Aguirre ficou entre a cruz e a espada, pois tinha que escolher: continuaria com um trabalho fixo e bem remunerado ou largaria isso e apostaria tudo numa coisa que ele não tinha certeza se daria certo. Mas o fato é que Rubén escolheu - e muito bem, por sinal - a segunda opção. Começou a fazer parte do elenco de Chaves e, quando o programa se tornou internacional, ficou rico. Ganhou muito mais dinheiro que antes ganhava com seu emprego importante na Televisa. Aguirre já foi ventríloquo, ator de novelas, apresentador de TV, toureiro e narrador de touradas. Percebe-se que, assim como a comédia, a tourada é outra de suas paixões.

Infelizmente Ruben Aguirre enfrenta demasiados problemas de saúde, atualmente está ultrapassando a faixa dos 125 kg e está pesando mais do que o senhor Barriga nos anos 70. Não, ele não é comilão, a causa, motivo, razão e circunstancia que leva o professor lingüiça a estar neste estado é que Aguirre engordou mais de 25 quilos devido ao uso de um medicamento para curar um problema que tinha na perna há alguns anos. Atualmente ele vive no México com sua mulher Consuelo Aguirre e seus sete filhos, as atividades do “Circo del Professor Jirafales” estão paradas a anos.

 

ChespiritoBR.com (CHBR) - Desde 2001 trazendo o melhor de Chaves, Chapolin e Chespirito.